5% OFF em seu próximo pedido! Cupom: MV2019

Porque as cidades estão banindo o uso de canudos plásticos?

São diversos os estudos e notícias que mostram como o uso de plástico só prejudica nosso planeta. E com o passar dos anos, mais e mais pessoas pedem por soluções sustentáveis em suas rotinas – o crescimento de um dia a dia mais eco-friendly, com opções que diminuem o plástico, é uma realidade!

Com números assustadores como relatado pelo Fórum Econômico Mundial, a existência de 150 milhões de toneladas métricas de plásticos nos oceanos e, caso mantenha-se esse nível de consumo, chegando a ter mais resíduos de plástico do que peixes, é algo que não pode ser ignorado por uma sociedade que cada vez mais quer proteger o seu planeta de danos como este.

E por que os canudos de plástico?

Começar com algo pequenino como um canudo é mais simples do que se parece. Apesar de sua vida útil ter apenas um uso (em quanto tempo você toma um suco? Ou um drink? E quantos usa cada vez que sai de casa?), o tempo que ele leva para se decompor na natureza é de 500 anos! Antes usado apenas em hospitais, e ainda muito necessários para pessoas com dificuldade de mobilidade e que precisam do auxílio deles, as pessoas banalizaram seu uso e estimamos, desde que se tornaram populares, que cerca de 8,3 bilhões desses pedaços de plástico estejam contaminando a natureza nos oceanos e no solo. Só no Brasil, o IBGE mediu cerca de 2,8 milhões de canudos usados e descartados

Empresas como o Starbucks e McDonald’s já anunciaram suas medidas para diminuir sua oferta e uso de canudinhos de plástico para ainda esse ano, se comprometendo com um planeja mais limpo. Enquanto o Starbucks se comprometeu em retirar o apetrecho de suas lojas mundialmente até 2020, o McDonald’s tem como objetivo não ter mais canudos plásticos, substituindo-os por alternativas feitas de papel, nos restaurantes da franquia no Reino Unido e na Irlanda.

Para um exemplo aqui dentro de nossa casa, o Rio de Janeiro foi o primeiro estado a se posicionar e banir o uso de canudos plásticos em quiosques, bares e restaurantes, que devem oferecer no lugar alternativas biodegradáveis. O projeto de lei, proposto pelo vereador Jorge Felippe, foi aprovado em julho deste ano e já está sendo implementado no estado, mas ainda sem data de obrigatoriedade, sendo que os estabelecimentos que descumprirem a lei correm o risco de pagar uma multa de R$ 3.000,00 – podendo subir até R$ 6.000,00 em caso de reincidência.

E quais são as alternativas disponíveis no mercado?

A oferta de canudos reutilizáveis está crescendo a medida do tempo! Hoje, além da famosa opção de canudos de aço inoxidável, também temos alternativas como canudos de vidro, e de bambú! Com diferentes larguras e com opções de haste dobrada ou não, todos os canudos reutilizáveis são laváveis e práticos para levar no seu dia a dia, eles geralmente acompanham uma bolsinha protetora especial e um limpador para que a higienização seu feita do modo correto.

Na Maria Verde temos opções de canudos reutilizáveis de bambu e de aço inox, assim como capinhas protetoras e escovas de higienização que acompanham. Você pode conferir clicando nos links:

Canudo de Inox Reto

Livre de BPA e ftalatos, ideal para cocktails, sucos e refrigerantes.

Canudo de Inox Curvado

Livre de BPA e ftalatos, ideal para cocktails, sucos e refrigerantes.

Canudo de Bambú

Feitos de forma artesanal por uma parceria do Paz em Gaia e a comunidade de Ilhabela, em São Paulo.

Aproveite a compra e garanta seu copo reutilizável retrátil da Maria Verde, com opções em silicone e aço inox, para acompanhar o seu canudo! Ajudando o mundo a ficar mais sustentável na nossa rotina e dia a dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *